Fibras sintéticas e o algodão

Fibras sintéticas abalam o reinado do algodão na indústria do vestuário dos EUA

    Por ALEXANDRA WEXLER

Para a indústria das confecções, o algodão vem perdendo elasticidade. Pressionados pela persistência dos preços altos do tecido natural, os fabricantes de vestuário estão incluindo fibras sintéticas em roupas que costumavam ser feitas 100% de algodão.

Este ano, as importações americanas de roupas feitas principalmente de materiais sintéticos devem ultrapassar as roupas de algodão, pela primeira vez em mais de 20 anos. Ainda recentemente, em 2008, 60% das importações de roupas ‒ que constituem a maior parte do atual mercado de vestuário nos Estados Unidos eram feitas de algodão.

A tendência é vista numa série de varejistas, desde marcas mais sofisticadas até o mercado de massa. Os jeans da AG, fabricante de Los Angeles especializada em brim de luxo, são feitos de algodão, liocel e poliuretano e custam US$ 168. A varejista americana American Apparel Inc. oferece uma camiseta de US$ 22 que mistura poliéster, algodão e viscose. A rede sueca Hennes & Mauritz vende um vestido de viscose e elastano nos Estados Unidos por US$ 12,95.

Embora a economia de custos seja um fator na redução do uso do algodão pelos fabricantes, os consumidores já estavam seguindo na mesma direção. A american Under Armour Inc. se tornou um negócio de US$ 2,9 bilhões anuais vendendo artigos esportivos feitos com materiais sintéticos, inclusive poliéster, um tecido à base de petróleo antes associado a calças esportivas e roupas para golfe. As calças para ioga da Lululemon Athletica Inc. não são mais usadas apenas na academia.

“Costumo usar tecidos que caem bem, então provavelmente [prefiro] uma mistura” de algodão com fibras sintéticas, diz a enfermeira Melissa Lance, de 38 anos. “Na verdade, não me importo em saber do que é feito, contanto que seja confortável e macio.”

A Under Armour começou como fornecedora de camisetas que absorvem a umidade para times esportivos. Agora vende toda uma série de artigos de vestuário, como calças femininas em tecidos que misturam nylon e elastano e suéteres de lã com capuz contendo poliéster.

Leia a matéria completa aqui.

 

2017-04-24T16:12:50+00:00
Este site usa cookies e serviços de terceiros. Ok