04/10/11 – 00:00 > FRANQUIAS

Camila Abud
Punta del Este – Com investimentos de até R$ 50 mil, as microfranquias devem puxar o crescimento de 15% previsto para o setor este ano, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF). As perspectivas continuam muito positivas para o ano que vem, quando deve ser aprovado o SuperSimples, cujo benefício é destinado a micro e pequenos empresários.

Com 260 marcas e 12 mil unidades espalhadas pelo Brasil, as microfranquias já representam cerca de 85% do mercado de no País. A movimentação financeira do segmento é da monta de R$ 3,6 bilhões (4,6% do faturamento total). O fenômeno é explicado, em parte, pela participação crescente da classe C no negócio de franchising.

Os locais mais procurados para a entrada do pequeno empresário no setor, de acordo com Ricardo Bomeny, presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF), estão nas lojas de rua, principalmente, em decorrência dos altos do aluguel dos shoppings brasileiros.

Exemplo desse crescimento é a rede Brou’ne, casa especializada em brownies, que neste mês irá inaugurar uma loja no Shopping Galeria, na Rodovia Dom Pedro I, em Campinas (SP).

“Campinas é um mercado de potencial enorme, e temos interesse em atender nossos clientes da melhor maneira possível dentro de um cenário viável para cada loja”, avaliou o empresário.

Em setembro deste ano, a ABF inaugurou o Comitê de Microfranquias, órgão dedicado à discussão de assuntos de interesse dos empresários do setor que optam pela abertura de pequenas lojas, de olho no crescimento exponencial deste segmento.

Deixe uma resposta