PORTUGUESE DECEMBER 1, 2011, 2:57 P.M. ET (WSJ)NICHOLAS WINNING e NATASHA BRERETON-FUKUI

As perspectivas para a economia mundial se deterioraram quinta-feira, com pesquisas mostrando que a atividade manufatureira se contraiu em ritmo acelerado na zona do euro e no Reino Unido em novembro, além de ter encolhido pela primeira vez em quase três anos na China.

As informações pessimistas apóiam a visão de que a decisão do Banco Central da China, anunciada quarta-feira, de cortar os requisitos de reservas bancárias pela primeira vez em três anos é o começo de uma campanha de afrouxo monetário. Também aumenta a pressão sobre o Banco Central Europeu para cortar as taxas de juros em mais um quarto de ponto percentual, chegando a 1%, na reunião de políticas da semana que vem.

Em novembro, a atividade manufatureira da China encolheu pela primeira vez em quase três anos, enquanto a produção em outros lugares da Ásia e Europa também enfraqueceu.

“A quarta contração profunda e consecutiva na atividade manufatureira da zona do euro em novembro alimenta a já forte suspeita de que a zonha do euro está se encaminhando para clara contração no quarto trimestre, além de estar em grande perigo de voltar à recessão”, disse Howard Archer, economista chefe para Europa e Reino Unido da IHS Global Insight.

A empresa de informação financeira Markit disse que seu índice para gerentes de compras em manufatura da zona do euro, que mede a atividade do setor baseando-se em uma pesquisa com cerca de 3.000 empresas, caiu de 47,1, em outubro, para 46,4, em novembro – uma baixa que já dura 28 meses . Um índice menor do que 50 indica uma retração do setor.

Deixe uma resposta