O que é uma reestruturação financeira?

Reestruturação financeira consiste em uma análise completa da situação da empresa, com direcionamento tanto para os fatores externos quanto aos fatores internos.

-Publicidade-

Pois, assim poderá se ter uma visão completa da realidade do empreendimento e identificar possíveis falhas estruturais ou ameaças conjunturais.

Mas o que são esses fatores externos e internos que podem afetar minha empresa?

O que são os fatores externos?

Para analisar os fatores externos, são estudados diversos indicadores macroeconômicos, tanto da esfera nacional quanto da esfera regional.

Para que se entenda a conjuntura econômica e demonstre como ela pode ter influência nos resultados do seu empreendimento.

Além da análise macroeconômica, a reestruturação financeira conta com uma análise de diferentes aspectos que envolvem o seu negócio e que tem impactos em seu funcionamento.

Estes aspectos variam desde a localização, e como ela afeta a sua relação com público-alvo, até uma análise dos concorrentes diretos e indiretos e as vantagens e desvantagens da sua empresa em comparação com eles.

E os fatores internos?

Já para a análise dos fatores internos da sua empresa, que é o ponto de maior impacto da reestruturação financeira, é feito um estudo descritivo sobre as condições do seu negócio.

Este estudo tem o objetivo de ter um entendimento completo do seu funcionamento.

Assim, será analisado o “tripé” do negócio que é composto por:

Operações

Dentro de operações, são descritos todos os processos que envolvem a atividade fim da empresa, como compras com fornecedores ou prestação do serviço/venda do produto, com a proposta de entender e analisar a produtividade e eficiência desses processos.

A partir desse estudo, serão buscadas formas de aumentar a eficiência das operações e consequentemente, tornar o seu negócio mais produtivo em sua função.

Finanças

Já em finanças, é feito um estudo completo dos balanços e contas do seu empreendimento nos últimos anos.

Esse é um estudo crucial e que permite que sejam encontrados diversos problemas muitas vezes invisíveis para você, empreendedor.

Por ser a razão do fechamento de boa parte das empresas, o estudo das finanças é o ponto-chave da reestruturação financeira e revela a real performance da sua empresa, contando com uma análise da estrutura de custos, que inclui verificar se o sistema adotado faz sentido para o seu empreendimento.

Além disso, é feita uma análise da variação dos custos e das receitas ao longo dos anos de funcionamento da empresa, abordando também a explicação das possíveis causas para estas variações.

E tem mais…

Além dessas, outras análises contábeis também fazem parte desse pilar do tripé da reestruturação financeira, como a de liquidez e da folha de pagamento dos funcionários.

Marketing

E por último, está a análise do marketing, que compreende os métodos e estratégias da empresa para atingir seu público-alvo e ser conhecida por ele.

Neste ponto, é feita uma análise de como o seu empreendimento opera e o retorno que isso tem trazido para o negócio, com sugestões em relação ao método mais adequado.

Além disso, é feita uma identificação mais assertiva do público-alvo do empreendimento, apontando características e padrões de consumo desse público para que sejam traçadas estratégias de marketing mais direcionadas para ele.

reestruturação financeira 1

Reestruturação Financeira: Fases e atividades no processo de reestruturação financeira de uma empresa (Financial Restructuring):


AVALIAÇÃO / INÍCIO

– Avaliação da empresa e endividamento;
– Preparação do Plano de Reestruturação para os credores;
– Preparação de material de apresentação em linguagem de mercado (Offering Memorandum) para potenciais investidores, quando a reestruturação envolver a venda de parte da empresa;
– Sugestão da estratégia de reestruturação;


APROXIMAÇÃO

– Contato com os credores

Se a reestruturação envolver a venda de parte da empresa:

– Contato com potenciais novos investidores;
– Apresentação genérica para os novos investidores, sem revelar o nome da empresa à venda;
– Assinatura de um termo de confidencialidade;
– Disponibilização de uma cópia do Offering Memorandum;


NEGOCIAÇÃO

– Negociação com credores;
– Negociação com investidores, se for o caso


EXECUÇÃO

– Assessoria para a empresa e seus advogados na interação com auditores e advogados dos credores e/ou novos investidores;
– Acompanhamento dos elementos negociais, detalhes jurídicos, contábeis e fiscais;
– Elaboração dos contratos de compra e venda e acordos entre acionistas, se for o caso;

-Publicidade-